Vitória, estreias, moral e CC

Nosso capitão. Mais um na conta.

Em véspera de festa do pinhão mostramos ao simpático Inter de Lages que aqui o negócio é diferente agora. Jogando um futebol “justinho” o JEC passou por cima do time serrano.

Abraça esse guri, Diego. Foto: Assessoria de imprensa JEC

Panorama

Um jogo onde o Joinville sabia o que tinha que fazer e fez desde de o inicio da partida. O Inter entrou fechadinho mas um Joinville bem armado foi suficiente para desmantelar o esquema montado pelo colorado.

Vencemos e vencemos desta vez com autoridade, algo que ainda não havia acontecido até aqui neste campeonato. Entramos em campo sabendo que precisávamos vencer nem que fosse de meio a zero e saímos de campo com 3 pontos, 3 gols e muita moral, além é claro de ainda ter recebido uma bela ajuda dos nossos vizinhos de Blumenau que bateram de virada a Chapecoense.

Primeiro tempo

O JEC foi senhor do jogo, incontestável desde o inicio, só que como a maioria dos times que vem jogar aqui o Inter entrou lacrado lá atrás e jogando por uma bola, o resultado foi um começo de jogo meio chato e carrancudo que durou até os 20 minutos mais ou menos. A partir daí o Joinville pôs a bola no chão e com Anselmo desfilando mais uma vez um belo Futebol foi pra cima e pressionou o Inter. A pressão deu resultado aos 36 minutos quando Diego tenta a jogada individual (meu Deus, é sério mesmo? Foi o Diego?) na ponta esquerda da grande área e sofre pênalti. Nosso capitão Bruno Aguiar bate e converte, viramos a primeira etapa cumprindo a missão.

Diegão da massa. Nunca critiquei esse cara.

Destaque da primeira etapa

Essa coluna é minha então eu que escolho os destaques beleza? Para quem achava que o Diego era um tipico lateral ISOPOR (aquele que nunca vai ao fundo) ele não só foi ao fundo como foi pra cima. É isso que esperamos desse garoto, que ele tenha “alegria nas pernas”, valeu Diegão!

Segundo tempo

Para o segundo tempo o Joinville voltou com as mesmas peças do primeiro tempo, diminuiu um poquinho o ritimo é verdade mas como o Inter saiu mais para o jogo sobrou espaço para marcarmos mais 2 gols. Aos 5 minutos uma triangulação bem bacana pelo lado direito do ataque tricolor com Willian Paulista, Juninho e gol de Kadu, 2 a 0 JEC. Aos 33 Juninho de novo, dessa vez pelo lado esquerdo e uma bela jogada individual ele cruza para o improvável Diones fechar a conta, 3 a 0 JEC. Vitória com autoridade pra mostrar ao Brócolis que eles são café com leite nessa briga e mostrar a Chape quem eles irão enfrentar na final.

Mais uma boa partida. Tá na trilha certa por enquanto.

Destaque da segunda etapa

Juninho. Ele não tem o braço todo tatuado, tem cabelo “normal”, frequentemente usa chuteiras pretas e não liga de ser chamado por apenas um nome. Seria ele um resistente do futebol moderno? Vamos averiguar.

Juninho foi muito bem na partida de hoje, sempre foi opção na faixa de campo que atuou e fez uma baita jogada no terceiro gol, além é claro das duas assistências na partida. A evolução no futebol do Juninho é uma grata noticia para nós tricolores, sem dúvida que será muito útil nessa temporada. Valeu Juninho!

Estreias

Murilo e Pereira chegaram na quarta e já jogaram no domingo, a coisa tava feia mesmo. Murilo entrou jogando no ataque ao lado de WP e Juninho. Muito boa a movimentação dele, serio mesmo, mas foi só isso também e não podemos esquecer que Willian Paulista também teve “boa movimentação” na sua estreia…

Pereira entrou no segundo tempo, no lugar de Kadu. Sinceramente não deu pra valiar muito bem sabe, fez o que professor Maria pediu e agora precisará de mais tempo para mostrar se serve ou não.

Que mascote feio! Credo.

#CC

Veio até aqui pra saber o que é CC? É a sigla para Chupa Chape.

Acompanhei o final da partida entre Metrô x Chape e ver o time de Blumenau virar o jogo no finalzinho foi muito, mas muito bom. Muito obrigado pela força, sabemos que realmente não é fácil bater o poderoso Metropolitano. Nos vemos na final.

No fim é isso aí. Agora temos um jogo lá em Chapecó onde podemos e na minha opinião devemos jogar com o time misto, polpando os principais jogadores para a nossa estréia na copa do Brasil. Podemos até perder lá em Chpaecó que não saímos da liderança e depois podemos decidir com o Brusque aqui na Arena. Eu diria que agora sim está tranquilo, está favorável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *