EI ainda não procurou o Joinville pelos direitos de TV a partir de 2019

Esporte Interativo ainda não entrou em contato com o Joinville, garante Nereu
Esporte Interativo ainda não entrou em contato com o Joinville, garante Nereu

Com o grande boom que os canais Esporte Interativo, do grupo Turner, vem tendo após a aquisição dos direitos de transmissão da UEFA Champions League, a meta agora é audaciosa: o EI quer tirar da Globo o monopólio de transmissão do Campeonato Brasileiro.

Para isso, o plano é simples: conquistar os clubes seduzindo-os com valores realmente mais interessantes que os pagos pelo grupo Globo. O SporTV, também da família Marinho, atualmente é quem transmite na TV fechada o maior campeonato do país. E é justamente isto que o EI quer, senão impedir, ao menos dificultar.

A proposta do canal esportivo do grupo Turner é relativamente prática: adaptar o modelo praticado na Premier League no Campeonato Brasileiro. Assim, todo time teria um valor fixo a receber mais bonificações por resultado, audiência e (de quebra) torcida.

Na contramão do EI, a Globo oferece valores pífios a times ditos menores. Para contextualizar, o JEC recebeu cerca de R$ 26 milhões ano passado para a disputa da Série A e esse ano receberá R$ 5 milhões pelos direitos da Série B. Com a proposta moldada pela Turner, o JEC receberia no mínimo o dobro e possivelmente o triplo destes valores – sem perdas consideráveis em caso de rebaixamento, aliás.

O Atlético-PR, cuja diretoria é parceira há muito tempo do Joinville, foi o primeiro clube a fechar a transmissão no EI de 2019 a 2024 – quando a Globosat não terá os direitos dos clubes de forma renovada. Por isso, fomos perguntar ao mandatário tricolor, o presidente Nereu Martinelli, o que ele acha disso. De acordo com Martinelli, o clube ainda não foi procurado, mas se esquivou quando perguntado se existe um interesse do JEC, alegando que só refletiria em 2019 essa decisão. Engano. O Atlético-PR recebeu uma bonificação de R$ 40 milhões adiantados pela assinatura do contrato. Confira a íntegra da entrevista com o presidente:

SOU JEC: O Esporte Interativo entrou em contato com o JEC pela aquisição dos direitos de TV a partir de 2019?

NEREU MARTINELLI: Não.

SOU JEC: O JEC tem interesse? É possível que o próprio clube procure o canal?

NEREU: Não sei. Sei que outros clubes já foram procurados. Mas se nos procurarem quem vai decidir será o novo presidente (Jony Stassun). Estou saindo em 30 dias e a decisão só terá reflexos a partir de 2019.

SOU JEC: Os outros clubes de Santa Catarina, presidente?

NEREU: Alguns sim. O presidente do Avaí me ligou ontem.

Procuramos o Esporte Interativo, que não se manifestou sobre qualquer negociação com o Joinville e apenas disse que “quanto mais times fecharem com o EI, melhor para o projeto”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *