Zé Carlos Paulista, um camisa nove com faro de gol

Zé Carlos Paulista, nascido José Carlos Raymundo na cidade mineira de Mindurí em 02 de outubro de 1956. Zé passou pelo Joinville entre 1980 e 1982 e balançou as redes por 84 vezes, só no primeiro ano foram 32.

O JEC descobriu Zé Carlos Paulista quando enfrentou o Anapolina no Campeonato Brasileiro. O atacante foi o melhor do jogo, fez o gol da vitória por 1 a 0 do time goiano. Antes de contratá-lo, o Tricolor buscou referências com o técnico joinvilense Rubens de Freitas, que comandava o adversário. E o comandante não poupou elogios.

ze-carlos-paulista-jornal
Campeonato Brasileiro 1980: JEC 2×0 Santos – Foto: Nasceu Campeão.

No início de 83 foi para o Palmeiras de São Paulo (transação milionária) e logo em seguida teve uma fase cigana, passando pelo Esporte Recife, Guarani, Criciúma, São Bernardo e Santo André. Foi duas vezes campeão da segunda divisão de Minas Gerais, uma pelo Boa Esperança e outra pelo Pouso Alegre.

O primeiro gol marcado por Zé Carlos pelo JEC foi diante da Portuguesa, em partida válida pelo campeonato Brasileiro. O JEC venceu a Portuguesa de Desportos (SP) no Ernestão pelo placar de 4 a 1. Zé abriu o placar aos 8 minutos do 1º tempo e fechou a goleada aos 44 do 2º tempo.

O goleador ganhou três títulos estaduais pelo JEC e foi artilheiro da competição no ano de 1981. Foi também o maior goleador do Joinville nos anos de 1980, 1981 e 1982.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *