Em dia de festa pelo Octa, JEC repete placar de 30 anos atrás sobre Avaí e sai da lanterna do Brasileiro

A festa do torcedor do Joinville, na tarde deste domingo (2), na Arena, começou muito antes do apito final que sacramentaria a vitória por 2 a 0 sobre o Avaí, pela 16ª rodada do Brasileiro. Era dia de relembrar e festejar um feito jamais repetido em Santa Catarina: o Octacampeonato Catarinense, conquistado diante do mesmo Avaí, há quase 30 anos. A poucos minutos do jogo iniciar, o camisa 8 daquele e maior ídolo da história do JEC, Nardela, e João Carlos Maringá, autor do primeiro gol da final do Catarinense de 85 e hoje superitendente de futebol do Joinville, entraram em campo com a taça de campeão, para a euforia dos 11 mil tricolores presentes na Arena.


O primeiro gol foi de Kempes Jéci, contra

Com a bola rolando, os atuais jogadores não deixaram a empolgação do torcedor diminuir. Pelo menos no quesito vontade e disposição, eles conseguiram lembrar aquele histórico time de 1985. O primeiro gol saiu ao final do primeiro tempo. Willian Popp, fazendo jus à camisa sete que Maringá vestia há três décadas, arrancou pela direita e cruzou em direção a Kempes. O atacante pressionou o goleiro Vagner, que rebateu a bola no zagueiro Jéci. Gol contra dos visitantes.


O segundo foi de Guti, zagueiro-artilheiro

Cadu ainda perdeu esse gol feito

No segundo tempo, o Leão da Ilha saiu da formação com três zagueiros para um sistema mais ofensivo. Abriu espaço para o contra-ataque, que era aproveitado principalmente por Lucas Crispim. O segundo gol, entretanto, saiu de pés improváveis. Após escanteio cobrado por Marcelo Costa, o zagueiro Guti, de primeira, ampliou o placar: 2 a 0 para o Joinville, que seria admnistrado até o final. No lado avaiano, reclamação de pênaltis. Aos nove minutos – ainda com 1 a 0 no placar – , em lance envolvendo Bruno Aguiar e André Lima. E perto dos acréscimos, Nino Paraíba roubou a bola de Guti, que o segurou pela camisa.

PC mostrou pra que veio!

O resultado fez o Tricolor pular para a 18ª posição, com 12 pontos. A mesma pontuação de Coritiba e Vasco, próximo adversário do Tricolor. A partida será domingo (9), às 11h, no Maracanã. Já o Avaí continua com 17 pontos, descendo para a 16ª colocação. O Leão recebe, sábado que vem, o Fluminense na Ressacada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *