Evolução

Evolução-do-Futebol
Habemus evolução!

Evolução, momento em que um sujeito, ser, ou qualquer outro tipo de vida passa de um estágio para outro; ou passa a ser algo mais complexo; ou ainda, tornar-se melhor em algo que se faz.

Entra um sai outro e a palavra evolução continua frequente nas coletivas pós jogo do Joinville, algumas vezes empregada sem condizer com a realidade, apenas para confortar os ânimos e em outras (como nesta após o jogo contra o “curintia”) para definir da melhor maneira o que se viu em campo.

Creio que a maioria de vocês concorda que esta foi nossa melhor partida, claro que ainda é possível apontar uma série de falhas, como a de espaço na marcação que originou o gol que deu a vitória ao Corinthians, mas a evolução nos quesitos intensidade, presença ofensiva e volume de jogo foi visível e é inegável. Adilson não teve tempo de trabalhar mas conseguiu mudar a pegada do time, se antes eramos um time desorganizado e sem tesão, ontem fomos um time com o minimo de organização e mais vontade (se isso era para mostrar serviço ao novo comandante não sei, mas que continue assim) e isso já surtiu uma diferença grande dentro de campo. No frigir dos ovos a evolução foi visível em alguns quesitos e isso já nos mostra que o monitor cardíaco do JEC começa a pulsar com uma frequência maior, o resultado tão esperado ainda não veio mas com esta semana de treinos em dois períodos (sim, a tempos não víamos isto) acredito que Adilson vai conseguir aplicar seu método de trabalho, escolher as melhores peças para algumas posições (dupla de zaga, lateral esquerda, parceiro de ataque para o nosso 9) e assim no próximo sábado poderemos ter a certeza de que o Joinville entrou nos eixos.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *