Com portões fechados, Joinville fica no zero a zero com o Palmeiras

Sem o apoio da torcida, Joinville segura o empate com o Palmeiras no primeiro tempo, melhora na etapa final, mas não sai do zero; Tricolor está na 17a posição

O Tricolor novamente passou em branco. Desta vez, diferente da primeira rodada diante do Fluminense, não tomou gol e saiu com um empate, contra o Palmeiras, na noite deste sábado (17), na Arena – que, devido a uma punição recebida ainda na série B, não recebeu torcedores.

Com o resultado, o Joinville soma 1 ponto e ocupa a décima sétima colocação do Campeonato Brasileiro, enquanto o Verdão está na décima terceira posição, com dois pontos. Na terceira rodada, o Joinville enfrenta o São Paulo no Morumbi. A partida está marcada para o próximo sábado (23), às 18h30, no Morumbi. Já o Verdão recebe o Goiás no domingo, às 11h, no Allianz Parque.

O jogo

O técnico do Joinville, Hemerson Maria, preferiu iniciar o jogo com Mario Sérgio no lugar de Sueliton, que vinha sendo titular desde sua chegada ao clube. Mario Sérgio, assim como os outros jogadores do tricolor, pouco fizeram no primeiro tempo. O Palmeiras, também, não pode se orgulhar da etapa inicial. Teve mais posse de bola, cerca de 65%, mas não levou perigo à meta de Oliveira.

No segundo tempo, o meia chileno Valdívia entrou na vaga de Egídio. Com isso, Zé Roberto, que atuava no meio-campo, passou para a lateral esquerda. Mesmo com Valdívia em campo, o Tricolor evoluiu. Passou a ficar tempo com a bola. Teve chances de ficar com a vitória, mas que foram desperdiçadas.

“Melhor capricho na hora de decidir as jogadas”, avalia Maria

Depois da partida, o técnico Hemerson Maria afirmou que faltou um “melhor capricho na hora de decidir as jogadas”. “Não digo nem em relação à conclusão das jogadas, e sim no preparo, no último passe”, disse o técnico.

FICHA TÉCNICA : JOINVILLE 0-0 PALMEIRAS

JOINVILLE: Oliveira; Mario Sérgio (Sueliton), Bruno Aguiar, Guti e Rogério; Anselmo, Marcelo Costa, Augusto César (Willian Popp) e Marcelinho Paraíba; William Henrique (Saci) e Kempes.
Técnico: Hemerson Maria

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas (Ayrton), Victor Ramos, Vitor Hugo e Egídio (Valdívia); Gabriel e Robinho; Rafael Marques, Zé Roberto e Dudu; Leandro Pereira (Kelvin).
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Cartões amarelos: Bruno Aguiar, Kempes e Mario Sérgio; Leandro Pereira.

Local: Arena Joinville, em Joinville (SC)
Data: 17 de maio de 2015, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Bruno Boschilia (Fifa-PR)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *