Classificação Planejada #7: Necessidade de força em casa e agressividade fora.

O Joinville novamente perdeu pontos quando não podia. Na partida contra o Macaé, uma das equipes mais fracas do grupo, a derrota pode custar caro. Agora, além de não poder mais bobear em casa, é necessário fazer no mínimo 5 pontos fora para chegar à meta de 30 pontos para a classificação, ou seja, necessariamente o JEC terá que vencer algum dos times mais fortes da chave na casa do adversário.

METODOLOGIA

Toda semana, o Sou JEC analisa os resultados da rodada e faz um ranking de pontos previstos contra pontos conquistados, com base em critérios como jogos em casa e complexidade dos jogos fora. A inspiração é a metodologia de Classificação Planejada, utilizada pelo blogueiro Rica Perrone. Nesta metodologia, se traça um planejamento para que a equipe atinja seu objetivo ao final da competição. Basicamente: ganhar em casa, tirar pontos dos pequenos fora e aceitar perder para os mais fortes.

No nosso caso, buscamos atingir a meta de 30 pontos. Com essa pontuação, historicamente, se alcança a classificação para as quartas-de-final da Série C do Campeonato Brasileiro.

Vamos à conta! Para chegar aos 30 pontos, num cenário perfeito, o time precisa:

– Vencer todos os jogos em casa;

– Empatar fora de casa contra os três times mais fracos da chave;

– Pode perder fora de casa as outras seis partidas.

Consideramos que, antes da competição, Mogi Mirim, Macaé e Tupi eram os times mais frágeis da chave.

Essa é apenas uma forma de se planejar chegar aos 30 pontos. Não estamos vendo aqui se time X ou Y é muito fraco e a obrigação deveria ser vencer, e não empatar fora, por exemplo. Poderíamos adotar qualquer outra – inclusive vencer as 10 primeiras partidas (que sonho!!). Cada um com o seu critério. Também não consideramos o momento de cada equipe na competição.

CLASSIFICAÇÃO PLANEJADA

Ao analisar a projeção de pontos pela metodologia, o JEC ainda não faz uma campanha de rebaixado – apesar da lanterna na classificação real. Isso porque Mogi Mirim e Bragantino perderam mais pontos do que o JEC em partidas consideradas mais possíveis de pontuar (jogos em casa ou fora para adversários fracos – onde o empate era esperado).  Mesmo assim, o momento exige alerta, ainda mais na situação de equilíbrio que o campeonato se encontra:

Para chegar aos números, analisamos os seguintes resultados. A legenda, com base nos resultados esperados e realizados, é:

VermelhoDerrota. AmareloEmpate. VerdeVitória

Por fim, veja o comparativo entre a classificação “planejada” e a real:

Reage, JEC!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *