A campanha dos adversários do JEC na Série C em 2017

O grande desafio do tricolor no ano de 2017 é o Campeonato Brasileiro da Série C. Em pouco menos de dois meses, o Joinville inicia sua trajetória na competição nacional, contra o Ypiranga de Erechim, no interior gaúcho, tentando repetir a façanha de 2011 – o acesso à Série B.

A terceira divisão não é nossa realidade a algum tempo. E as dificuldades do início de temporada, aliada a algumas atuações irregulares levantaram a dúvida no torcedor: o JEC está preparado para a disputa da terceira divisão? Os nossos adversários são melhores do que nós? O Sou JEC entrou em ação e levantou as campanhas dos nossos adversários no grupo B.

O critério de classificação da tabela é o aproveitamento. Alguns times jogam apenas o estadual, enquanto outros disputam também a Copa do Brasil. Como os formatos dos torneios são muito distintos entre si, preferimos adotar o critério de aproveitamento dos pontos para formar nossa tabela.

Por este critério, o JEC é o terceiro melhor time do Grupo B. Se esta fosse a classificação da terceirona, o tricolor hoje estaria classificado para as quartas-de-final, ao lado do Bragantino (melhor time da chave, mas que disputa a segunda divisão do Paulista), Tombense e Botafogo de Ribeirão Preto.

Confira a classificação atualizada, com os jogos disputados até domingo (19/03/2017).

Legenda:
Aprov: Aproveitamento | PG: Pontos Ganhos | J: Jogos | V: Vitórias | E: Empates | D: Derrotas | GP: Gols Pró | GS: Gols Sofridos | SG: Saldo de Gols | MGP: Média de Gols Pró | MGS: Média de gols sofridos

Mas o que faz cada clube ter essa posição? Confira alguns números das campanhas até aqui – lembrando que consideramos apenas jogos oficiais (campeonatos estaduais, Copa do Brasil, Copa da Primeira Liga, Copa Verde e Copa do Nordeste):

GRUPO B

Clube que disputou mais jogos: Joinville, com 17 jogos
Clube que disputou menos jogos: Macaé, com 7 jogos disputados
Melhor ataque (Média): Mogi Mirim, com 1,91 gol por jogo
Pior ataque (Média): Tupi, com 0,5 gol por jogo.
Melhor defesa (Média): Joinville, com 0,82 gol por jogo
Pior defesa (Média): Macaé, com 2,29 gol por jogo.

TIME A TIME

1º) BRAGANTINO.

Aproveitamento: 53,85% dos pontos
Campeonatos disputados: Campeonato Paulista da Série A2 e Copa do Brasil (eliminado na 2ª fase)
Artilheiro: Adriano Paulista, com 4 gols
Últimos cinco jogos: 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota.

2º) TOMBENSE

Aproveitamento: 45,83% dos pontos
Campeonatos disputados: Campeonato Mineiro
Artilheiro: Jonathan, Tauã, Wellington Carvalho, Daniel Amorim, João Paulo e Alex Gonçalves, com 1 gol
Últimos cinco jogos: 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas.

3º) JOINVILLE

Aproveitamento: 45,10% dos pontos
Campeonatos disputados: Campeonato Catarinense, Copa do Brasil (classificado para a 4ª fase) e Copa da Primeira Liga
Artilheiro: Aldair, com 5 gols
Últimos cinco jogos: 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota.

4º) BOTAFOGO/SP

Aproveitamento: 44,44% dos pontos
Campeonatos disputados: Campeonato Paulista – A1
Artilheiro: Francis (aquele!!), com 4 gols
Últimos cinco jogos: 2 vitórias, 2 empates e 1 derrota.

5º) VOLTA REDONDA

Aproveitamento: 43,33% dos pontos
Campeonatos disputados: Campeonato Carioca
Artilheiro: David Batista, com 3 gols
Últimos cinco jogos: 2 vitórias, 1 empates e 2 derrotas.

6º) SÃO BENTO

Aproveitamento: 36,67% dos pontos
Campeonatos disputados: Campeonato Paulista – A1 e Copa do Brasil (eliminado na 1ª fase)
Artilheiro: Ricardo Bueno (aquele!!!) com 2 gols
Últimos cinco jogos: 3 vitórias e 2 derrotas.

7º) MOGI MIRIM

Aproveitamento: 33,33% dos pontos
Campeonatos disputados: Campeonato Paulista da Série A2
Artilheiro: Miguel, com 5 gols
Últimos cinco jogos: 1 vitória, 2 empates e 2 derrotas

8º) TUPI

Aproveitamento: 33,33% dos pontos
Campeonatos disputados: Campeonato Mineiro
Artilheiro: Flávio Caça-Rato, com 2 gols
Últimos cinco jogos: 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas

9º) YPIRANGA DE ERECHIM

Aproveitamento: 25,93% dos pontos
Campeonatos disputados: Campeonato Gaúcho e Copa do Brasil (eliminado na 1ª fase)
Artilheiro: Kaio Wilker e Talles Cunha, com 2 gols
Últimos cinco jogos: 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas

10º) MACAÉ

Aproveitamento: 4,76% dos pontos
Campeonatos disputados: Campeonato Carioca
Artilheiro: Hudson, com 2 gols
Últimos cinco jogos: 1 empate e 4 derrotas

Toda segunda-feira vamos atualizar, traremos mais informações e curiosidades, até a estreia do nosso tricolor.

MAS… E O GRUPO A?

Ficou curioso? Levantamos também o Grupo A.

O torcedor mais atento vai notar que o aproveitamento dos times do grupo Norte/Nordeste é bem superior ao dos times do nosso grupo. Isso se deve muito ao nível técnico dos estaduais disputados por esses times. Enquanto no grupo B, apenas o Joinville é acostumado a decidir o campeonato do seu estado, no grupo A temos equipes tradicionais e fortes nos estados, que enfrentam adversários tecnicamente inferiores durante o primeiro semestre. Confira a campanha atualizada, classificada pelo critério de aproveitamento, dos times do grupo A:

Com essa classificação, se o mata-mata fosse hoje, pelas campanhas, os confrontos seriam:

Bragantino x Confiança
Tombense x ASA
JOINVILLE X Remo
Botafogo/SP x Salgueiro

Os rebaixados seriam Ypiranga, Macaé, Moto Club e Sampaio Corrêa.

E aí? O que achou? Comente, compartilhe. Semana que vem tem mais.

6 comentários sobre “A campanha dos adversários do JEC na Série C em 2017

  1. Boa teoria, parabéns pelo artigo, mas futebol é na prática, tem muita história pela frente, vamos subir os degraus aos poucos, tenho fé que o JEC subirá para B esse ano, mais precisamos ser realistas!

    1. Bom dia Pablo. Obrigado pelo comentário. Mas é exatamente isso. O futebol é jogado, e os diferentes momentos de cada equipe e cada jogo definem. O objetivo aqui foi apresentar o retrospecto de cada equipe no ano. Mas é evidente que eles estão enfrentando adversários diferentes, competições diferentes, de níveis técnicos diferentes. Isso não é garantia que vai subir. E, como atualizaremos esses números toda semana, será evidente que os times oscilam ao longo do ano. Acreditamos no acesso! Mas pés no chão sempre. Obrigado pela audiência.

      Rodrigo Rochadel
      Sou JEC

  2. Importante chegar no mata mata com jogadores cascudos, é tipo libertadores pra gente tem que jogar com trava de alumínio e com seriedade tenho medo da gurizada afinar num jogo destes..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *