Diretoria do Joinville renuncia em bloco e isola Jony na presidência

Em carta enviada para o presidente Jony Stassun, os diretores do JEC Alexandre Poleza (financeiro), Marco Pollo Cunha (Patrimônio) e Vilfred Schapitz (Administrativo) decidiram na noite desta segunda-feira renunciar os seus cargos na diretoria do tricolor. O agora ex-diretor financeiro Alexandre Poleza, em conversa com o blog, também confirmou que o Dr. Roberto Pugliese Jr., diretor jurídico, colocou o cargo à disposição de Jony.

Confira a carta na íntegra abaixo:

 

Joinville, 06 de março de 2017

Ao

Sr. Jony Stassun

Presidente do Joinville Esporte Clube

Ref: Renúncia aos cargos de Diretor Financeiro, Diretor Administrativo e Diretor de Patrimônio.

 

Sr. Presidente:

Comunicamos a V.Sa. a nossa renúncia aos cargos de Diretor Financeiro, Diretor Administrativo e Diretor de Patrimônio do Joinville Esporte Clube, que estamos ocupando desde 24.01.2017, o que fazemos pelas razões expostas abaixo:

  • Discordância na demissão do Diretor de Marketing, Sr. Cristian Bonezzi já que os motivos veiculados na imprensa não condizem de maneira alguma com a realidade dos fatos. Pelo contrário, não observamos por parte do referido diretor qualquer tipo de quebra de hierarquia estabelecida no estatuto do clube. Afirmamos ainda que o mesmo sempre teve uma postura ética e ilibada no cumprimento das suas funções estatutárias. Além disto, não concordamos com a forma como foi conduzida a sua saída, por meio de mensagem eletrônica no grupo da diretoria e divulgada indevidamente e de forma distorcida na mídia, o que entendemos desnecessário dado o momento do clube e também à exposição indevida do profissional;
  • Falta de autonomia necessária para exercer nossas funções estatutárias. Entendemos que o estatuto prevê o sistema presidencialista e que a decisão final é sempre do presidente. Porém, quando se compõe uma diretoria subtende-se haver um alinhamento na forma de gerir o clube entre o presidente e a sua diretoria, isto porque são cargos de confiança. No entanto, por diversas ocasiões nossas ideias e opiniões não foram consideradas ou colocadas em prática por haver uma nítida incompatibilidade na forma de gerir um clube de futebol. Citamos como exemplo a discordância quanto a definição das prioridades nos pagamentos tendo em vista o déficit mensal do clube, a aprovação de compras, a definição quanto a contratação de novos funcionários, a apreciação e ciência quanto às novas contratações e dispensas entre outras.

Assim, confirmamos a nossa renúncia aos cargos de Diretor Financeiro, Diretor Administrativo e Diretor de Patrimônio do Joinville Esporte Clube e, ao ensejo, apresentamos nossas sinceras desculpas.

Sem mais para o momento, subscrevemo-nos.

 

Atenciosamente,

Alexandre Poleza – Diretor Financeiro

Vilfred Schapitz – Diretor Administrativo

Marco Pollo Cunha – Diretor de Patrimônio

 

(Foto destacada: Fabrício Porto/ND Joinville)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *